ESTRADA 
( Marcos Assumpção)
 

Chegamos de mais uma viagem . Foram quase 2.000 km de estrada entre Santo André, Divinópolis, BH , Ouro Preto e Rio. Estrada cansa , mas adoro. Adoro viajar pra tocar, mas gosto mais ainda de voltar pra casa. Bom voltar com sentimento de dever cumprido, poder levar minha música por aí , ver mais pessoas se agregarem ao trabalho , sentir o carinho delas de perto, e porque não também sentir que algumas não gostaram. Normal, ninguém agrada a todos, mas acho que o tal do sucesso começa justamente quando alguém não gosta da gente, sinal de que incomodamos. Não me ligo muito nisso , acho que o sucesso está em cada um de nós de formas diferentes. Por exemplo , quer sucesso maior que ouvir de alguém que você nunca viu antes que sua música salvou a vida dele? Ou que sua musica fez com que a vida valesse mais a pena? Isso já é sucesso . Sucesso não está só no radio, mídia e televisão, mas também no que nosso trabalho pode proporcionar as pessoas. A música nova – COLO - está indo muito bem em algumas rádios do Brasil, mas também vai muito bem  depois dos shows . Uma vez ouvi do meu amigo Fagner que mais importante que sucesso é deixarmos alguma informação , fazer valer o que fizemos algum dia. De que adianta toda exposição se amanhã ninguém mais lembrar da gente? E nada melhor pra isso que a estrada. Ela sim, diz o que nosso trabalho é capaz de fazer, mesmo sem exatidão completa, porque na verdade, não se sabe a real dimensão que isso alcança. Mas esse não saber exato é que empolga a cada nova estrada,  a cada nova cidade que guarda surpresas pra gente, desde aqueles que não gostam, até aqueles que salvamos a vida.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Homem

 
    Visitante número: