Uma vez, postei aqui no blog um texto que fiz para o encarte do cd Quintais. Agora, posto o texto feito por minha mãe para o cd A Flor de Florbela, que foi usado por Rolando Boldrin na abertura do programa Sr. Brasil quando participei:

AO CANTADOR DE FLORBELA
( Iza Assumpção)

 “ Vai cantador de Florbela, por esse mundo afora, navegando em
Caravelas, buscando Horas Rubras e  Quimeras ; mostra ao mundo
a lírica tristeza, e a irreal beleza de uma poesia delirante e forte...
  Com notas musicais, bordões e primas, transforma em acordes as
densas rimas, mesclando um pouco de alegria ao muito de melancolia
com que a tua musa em cascatas de amor se diluía.
  Faz dos versos de outrora magoados e tristonhos, o renascer da alma em
áureos sonhos. Deixa Sóror Saudade para sempre adormecida e acorda
a Maria das Quimeras com esperança e vida!
  Florbela, bela flor de Portugal!
  Do Castelo de Luz onde te encontras, lança a asa da tua alma sobre aquele
que se fez o teu cantor. E ensina o caminho para ele seguir em frente,
mostrando ao mundo que tudo ainda é nada quando se tem um sofrido,
grande, imenso e infinito amor.”

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Homem

 
    Visitante número: